Em formação

Gansos: Cereopside

Gansos: Cereopside

Propagação e habitat

Povoa as áreas costeiras e ilhas no sul da Austrália e Tasmânia, onde passa seus dias pastando no continente. As condições climáticas e alimentares tendem a ser um pouco migratórias ou erráticas. É também chamado de ganso Gallina e ganso com capuz. De natureza independente, é gregário com co-específicos. Em cativeiro, mostra um forte instinto territorial e uma agressão notável na época de reprodução. Fácil de domar, mesmo que a reprodução seja difícil.

Características morfológicas

Macho e fêmea diferem apenas em tamanho (menor em indivíduos do sexo feminino). A plumagem é cinza claro com algumas tonalidades marrom-avermelhadas nas laterais e nas asas. Em vôo, as asas têm uma borda preta muito vistosa. Olho azul-laranja. Bico amarelo com ponta preta e buracos negros nas narinas. Pernas vermelho-laranja.
Espécimes jovens semelhantes aos adultos, mas com plumagem menos animada.
O tamanho varia de 75 a 100 cm, dependendo da população.

Nutrição e comportamento

A dieta variada é baseada em pequenos peixes, moluscos, caracóis, bagas, brotos e sementes. Em cativeiro, eles se adaptam para comer o que lhes é fornecido. Durante o namoro, o macho emite grunhidos semelhantes aos dos porcos. As fêmeas cavam um buraco no chão (forrado com edredom) e depositam 4-6 ovos esbranquiçados que chocam por cerca de 32 dias. Em cativeiro, é difícil obter uma eclosão regular. É por isso que muitos criadores recorrem a perus ou incubadoras.

Cereopside - Cereopsis novaehollandiae (foto www.arthurgrosset.com)

Cereopside - Cereopsis novaehollandiae (foto www.barraimaging.com.au)


Vídeo: Galinha da Angola Branca, ou ainda Capote e Angolista. Ovos Galados (Dezembro 2021).