Em formação

Raças de galinhas: Andaluzes

Raças de galinhas: Andaluzes

Origem, difusão e características econômicas

Raça de origem espanhola (Andaluzia), também criada na Inglaterra, depois de importada de Gibraltar.
Excelente postura, pele branca e casca de ovo.

Características morfológicas

A variedade típica é a azul com bordas pretas. As cores transportadoras decorrentes da disjunção desse personagem são preto e branco, que não são exibidas nas exposições, mas usadas apenas como transportadoras, a fim de manter a cor vívida e precisa em suas características.
Crista simples de cinco pontas, bem desenvolvida, com lóbulo traseiro destacado da nuca, reto na torneira e ligeiramente dobrado na galinha. Caxumbas longas caxumbas vermelhas e brancas brilhantes.
Cauda bem aberta, com uma foice bem desenvolvida no galo.
Pernas longas em ardósia azul.
Peso médio:
- Galos kg 2,5 - 3,0
- Galinhas 2,0 - 2,5 kg

Galo andaluz andaluz

Galinha e galo da Andaluzia (foto www.wadhoo.com)

Padrão da raça - FIAV

I - GERALIDADES

Origem
Espanha.

Ovo
Peso mínimo g. 58.
Cor da carcaça: branco.

Anel
Galo: 18
Galinha: 16

II - TIPO E ENDEREÇOS PARA A SELEÇÃO
Frango rural leve e bem construído, com hábito de crescimento médio-alto.

III - PADRÃO
Aparência e características gerais da raça

1- FORMULÁRIO
Tronco: poderoso; posição alongada e levemente elevada.
Cabeça: larga, poderosa.
Bico: médio longo; cor de chifre escuro.
Olhos: grandes, o mais escuro possível; íris vermelha permitida.
Crista: crista simples bem implantada; textura fina com dentículos bem cortados, mas não muito profundos; lobo que não segue a linha da nuca. Na galinha, reta na frente e dobrada de um lado após o primeiro ou segundo dente, sem esconder o olho.
Bargigli: comprimento médio, fino e com uma textura fina.
Rosto: liso, decorado com pequenas e estreitas penas enegrecidas; vermelho.
Caxumba: tamanho médio, oval e lisa; Branco puro.
Pescoço: longo o suficiente; capa abundante; transportado ligeiramente para trás.
Ombros: largos e levemente proeminentes.
Dorso: largo, de bom comprimento médio; quase em linha reta.
Asas: comprimento médio e bem ajustadas ao corpo.
Cauda: cheia; carregava um pouco levantado e com plumagem não muito rígida, com foices graciosamente arqueadas. Na galinha, apenas um pouco levantou e abriu um pouco.
Peito: cheio, arredondado e carregado alto.
Pernas: pernas poderosas e proeminentes. Comprimento médio e tarso liso; azul ardósia.
Barriga: bem desenvolvida. Na galinha cheia, bastante larga, mas apenas ligeiramente visível.

2 - PESOS
GALO: Kg. 2,5 - 3,0
HEN: Kg. 2,0 - 2,5

Defeitos graves:
Hábito muito alto; esquilo ou cauda de leque; crista reta ou em forma de S na galinha; tarso de cor muito clara; caxumba espessa em indivíduos jovens; remadores apertados.

3 - PLUMAGEM
Conformação: bem aderente ao corpo.

IV - CORES

TRANÇADO AZUL
Pombo de cor azul de fundo. Cada pena afiada em preto. Capa e garupa do galo preto-azulado com reflexos aveludados. Cauda azul, se possível da mesma cor que o peito.
Em geral, o galo é um pouco mais escuro que a galinha.
Falhas graves: azul claro demais, escuro demais; ausência de bainha muito grossa e desigual ou bainha; presença de penas brancas; ferrugem na plumagem da capa e da garupa.


Vídeo: MELHORES RAÇAS PARA FAZER MELHORAMENTO GENÉTICO DE GALINHAS CAIPIRASDICAS (Outubro 2021).