Diversos

Variedades de abacate autopolinizante

Variedades de abacate autopolinizante

Jupiterimages / Comstock / Getty Images

As árvores de abacate se autopolinizam, mas evoluíram de tal forma que têm muito mais probabilidade de frutificar na polinização cruzada. Os abacateiros produzem flores masculinas e femininas, mas as flores se abrem em momentos diferentes para desencorajar a polinização cruzada. Algumas variedades de abacate, no entanto, são conhecidas por se autopolinizarem de maneira confiável e produzirem rendimentos excepcionais sem a ajuda de uma segunda árvore.

"Taylor"

Embora se origine de uma das partes mais quentes do país, "Taylor" é uma cultivar excepcionalmente resistente ao frio que pode ser cultivada sucessivamente em áreas onde outras árvores de abacate não se dão bem. Apesar de sua adaptação ao frio, o formato da árvore - alta e esguia - a torna menos desejável que as outras. O formato torna-o menos esteticamente agradável e menos prático para a colheita, pois as frutas podem ficar um pouco inacessíveis. Ela fornece frutas de janeiro a março.

'Lula'

A cultivar "Lula" é outro autopolinizador confiável que por um tempo foi a principal variedade de abacate cultivada comercialmente no sul da Flórida. Esta variedade também é um pouco tolerante ao frio, embora não tanto quanto Taylor. A árvore oferece rendimentos excepcionais de frutas entre outubro e dezembro. Uma característica única e desejável de Lula é que sua semente pode permanecer viável para plantio por até cinco meses, enquanto a maioria das outras sementes de abacate são viáveis ​​por apenas um mês ou menos.

  • Embora se origine de uma das partes mais quentes do país, "Taylor" é uma cultivar excepcionalmente resistente ao frio que pode ser cultivada sucessivamente em áreas onde outras árvores de abacate não se dão bem.
  • Uma característica única e desejável de Lula é que sua semente pode permanecer viável para o plantio por até cinco meses, enquanto a maioria das outras sementes de abacate são viáveis ​​por apenas um mês ou menos.

"Waldin"

Os abacates "Waldin" são cultivados comercialmente no sul e no centro da Flórida. A fruta em si é um pouco mais arredondada do que outros abacates, quase parecendo uma manga não amadurecida. A semente de Waldin é freqüentemente usada como porta-enxerto para o cultivo de outras variedades de abacate. A árvore gasta grande quantidade de energia, proporcionando uma grande produção de frutas, depois morre e entra em dormência. A fruta é colhida entre agosto e novembro.

Autopolinização vs. Polinização Cruzada

Taylor, Lula e Waldin são os autopolinizadores mais confiáveis ​​entre as espécies de abacateiros, mas todas as variedades são capazes de autopolinização.

"Novas evidências indicam que as flores de abacate podem ser autopolinizadas e cruzadas sob as condições da Flórida", explica a Extensão IFAS da Universidade da Flórida. "A autopolinização ocorre durante a segunda abertura da flor, quando o pólen das anteras é transferido para o estigma das partes femininas da flor. A polinização cruzada pode ocorrer quando as flores femininas e masculinas das variedades do tipo A e B abrem simultaneamente. A autopolinização parece ser causada principalmente pelo vento, enquanto a polinização cruzada é causada por grandes insetos voadores, como abelhas e vespas. "

  • Os abacates "Waldin" são cultivados comercialmente no sul e no centro da Flórida.
  • Taylor, Lula e Waldin são os autopolinizadores mais confiáveis ​​entre as espécies de abacateiros, mas todas as variedades são capazes de autopolinização. "


Assista o vídeo: Técnica possibilita a produção de abacate durante quase todo ano - Rio Grande Rural (Novembro 2021).