Interessante

Dragon Plant Care

Dragon Plant Care

As plantas do dragão são do gênero Dracaena e costumam ser cultivadas como plantas domésticas. A espécie mais comumente referida como planta dragão é a Dracaena marginata, ou planta dragão de Madagascar, desejável por sua capacidade de crescer em quase todas as condições e por suas folhas atraentes, longas e graciosas com bordas cor de vinho ou rosa. Alguns também apresentam variações de cor creme nas folhas. Esta planta resistente requer apenas cultura básica.

Clima

Dracaenas em geral não toleram temperaturas congelantes. Dracaena marginata é nativa de Madagascar e prospera em temperaturas amenas e quentes. Esta planta só deve ser cultivada ao ar livre no solo nas zonas de cultivo 10B e 11 do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, de acordo com a Universidade da Flórida. Em climas mais frios, ele pode ser cultivado em um recipiente e trazido para dentro quando chega o tempo frio, ou cultivado dentro de casa durante todo o ano.

  • As plantas de dragão são do gênero Dracaena e costumam ser cultivadas como plantas domésticas.
  • A espécie mais comumente referida como planta dragão é a Dracaena marginata, ou planta dragão de Madagascar, desejável por sua capacidade de crescer em quase todas as condições e por suas folhas atraentes, longas e graciosas com bordas cor de vinho ou rosa.

Luz

Dracaenas cultivadas para serem vendidas como plantas domésticas geralmente não são expostas à luz solar direta e brilhante. Na verdade, essas plantas preferem condições de sombra, embora precisem de alguma luz indireta, como a fornecida por uma janela voltada para o sul. As plantas iniciadas e cultivadas ao ar livre podem ser colocadas ao sol, mas o sol da manhã seguido pela sombra da tarde é melhor; os raios diretos do sol podem queimar as folhas.

Solo e água

As plantas de dragão prosperam em uma ampla variedade de condições de solo, mas têm melhor desempenho em solo rico e orgânico, de acordo com a Universidade da Flórida. O solo deve ser mantido ligeiramente úmido o tempo todo, mas nunca encharcado ou encharcado, porque essas plantas podem sofrer de podridão de raízes, uma doença fúngica que ocorre quando o solo está muito úmido. Para evitar isso, esvazie a bandeja coletora de água imediatamente após regar as plantas em contêineres e certifique-se de que as plantas externas não estejam localizadas em áreas onde a água estagnada se acumula.

Manutenção

Mantenha a planta do dragão em um local onde não fique exposta a mudanças de temperatura ou correntes de ar frio ou quente, como próximo a um aquecedor ou ar-condicionado. Essas correntes de ar podem fazer com que as folhas caiam. Dragoeiros apreciam condições úmidas, portanto, agrupar vários deles ou colocar uma planta em uma bandeja de umidade (uma bandeja cheia de seixos mal coberta com água) pode aumentar a umidade do ar e beneficiar a planta. A poda de um caule fará com que dois (ou até mais) ramos se formem, de acordo com a Universidade da Flórida, então esta é uma excelente maneira de moldar ou treinar sua planta.

  • Dracaenas cultivadas para serem vendidas como plantas domésticas geralmente não são expostas à luz solar direta e brilhante.
  • A poda de um caule fará com que dois (ou até mais) ramos se formem, de acordo com a Universidade da Flórida, então esta é uma excelente maneira de moldar ou treinar sua planta.

Problemas

As plantas do dragão não sofrem de doenças graves, de acordo com a Universidade da Flórida, mas podem ter problemas com uma praga comum de insetos domésticos: os ácaros. Fique atento para sinais de ácaros (insetos minúsculos, avermelhados ou brancos que geralmente se aglomeram sob as folhas) e enxágue-os com um jato forte de água ou lave as folhas com um sabonete inseticida.


Assista o vídeo: Top 5 Donts in growing dragon fruit. My own experience (Janeiro 2022).