Coleções

Quais são as causas das plantas de tomate espesso?

Quais são as causas das plantas de tomate espesso?

Imagem da planta de tomate por Trombax de Fotolia.com

Tomates maduros, suculentos e caseiros são um dos destaques do verão. Existem várias causas para o tomate delgado, e a maioria é facilmente resolvida.

Falta de luz

Os tomates precisam de pelo menos 6 horas de luz solar direta diariamente. A falta de luz solar suficiente é a causa mais comum de crescimento de tomate pernalta e frutificação deficiente. Ao planejar seu jardim, escolha um local que receba luz solar adequada, levando em consideração o futuro crescimento de árvores e arbustos. Ao organizar as plantas em seu jardim, coloque tomates de crescimento baixo, determinados do tipo arbusto, ou tomates indeterminados não estacajados na extremidade sul e as safras mais altas no norte. Essa técnica impedirá que safras altas, como o milho, sombreiem plantas menores.

  • Tomates maduros, suculentos e caseiros são um dos destaques do verão.
  • Tomates saudáveis ​​e robustos produzem os frutos mais pesados, mas uma planta fraca terá dificuldade para frutificar e ficará mais vulnerável a pragas, clima e doenças.

Deficiência de Nutrientes

Nitrogênio, fósforo e cálcio são essenciais para o crescimento do tomate. A falta de nitrogênio pode causar baixo crescimento da folhagem e caules enfraquecidos. As folhas são claras e a planta cresce lentamente. A deficiência de fósforo pode fazer com que as folhas se enrolem e caiam, deixando partes da planta sem folhagem. Sem o cálcio adequado, os tomates morrem do topo e começam a perder folhas. As deficiências de nutrientes e minerais podem ser corrigidas com fertilizantes suplementares e nutrientes específicos. Um teste de solo, disponível em viveiros e lojas de ferragens, pode ajudar a determinar quais nutrientes estão faltando em seu solo.

  • Nitrogênio, fósforo e cálcio são essenciais para o crescimento do tomate.

Temperatura

Os tomates crescem melhor quando as temperaturas permanecem acima de 55 graus e à noite e abaixo de 90 graus durante o dia. Temperaturas frias prolongadas podem impedir o crescimento dos tomates, reduzir a polinização e resultar em uma planta delgada e frágil. À medida que as temperaturas aquecem, a planta pode se recuperar, mas o frio pode retardar o crescimento dos frutos, reduzindo a quantidade de frutos.

Clima

Os tomates requerem regas profundas e regulares para um crescimento ideal. A irrigação inadequada durante condições de seca pode fazer com que as folhas murchem e caiam. À medida que as folhas caem da planta, ela parecerá pernalta e as frutas ficarão vulneráveis ​​aos danos do sol. O vento também pode desfolhar o tomate, especialmente em áreas costeiras onde o sal pode aumentar os danos.

  • Os tomates crescem melhor quando as temperaturas permanecem acima de 55 graus e à noite e abaixo de 90 graus durante o dia.
  • Baixas temperaturas prolongadas podem impedir o crescimento dos tomates, reduzir a polinização e resultar em uma planta delgada e frágil.


Assista o vídeo: Mil flores coloridas e diferentes em uma só planta aprenda a fazer uma Rosa do Deserto multicolorida (Outubro 2021).