Em formação

Exame estimado 1992

Exame estimado 1992


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Exame 2002 - Sessão ordinária (Endereço: Geral - Curso de classificação)

Um deslizamento de terra, separado das terras pertencentes à propriedade municipal, atinge uma fazenda vizinha, causando os seguintes danos:
- destruição de cem pessegueiros;
- destruição de um poço e parte do sistema de irrigação.
A empresa, com extensão de 4,50,00 ha, ativa um sistema de frutas e vegetais com 3,00,00 ha de pomar de pêssego de 6 anos e 1,20,00 ha de hortaliças primavera-verão.
O candidato, assumindo todos os dados necessários para avaliar o dano, passa a estimar a indenização devida ao inquilino, sabendo que o evento ocorreu em meados de abril.

_______________________
Duração máxima do teste: 6 horas.
É permitido o uso de manuais técnicos e calculadoras de bolso não programáveis.
Não é permitido deixar o Instituto antes de decorridas 3 horas desde o ditado do tópico.

Resolução

A questão da avaliação rural é bastante complexa, pois, além de solicitar algum conhecimento das técnicas de gestão de negócios aos candidatos, requer uma série de estimativas necessárias para calcular a remuneração justa devida a um empreendedor privado, pelos danos sofridos devido a Um deslizamento de terra.
O texto do tema ministerial define suficientemente as características técnicas da propriedade: ordem de cultivo de frutas e vegetais, incluindo pessegueiros da mesma idade, com legumes em rotação contínua em ciclos curtos e até longos, estendidos ao verão.
O acidente considerado, um deslizamento de terra, sugere um evento natural extraordinário, que causou uma série de anos, mencionados no texto, que requerem, no entanto, alguns detalhes ou agrupamentos de natureza técnica-estimadora, que devem ser resumidos, para facilitar o processamento do numerosos pedidos:
O capital fundiário sofre uma alteração talvez devido ao acúmulo de material de aterro, em uma superfície de 0,12,00 hectares, presumivelmente ocupada por n. 100 pessegueiros (4m x 3m), cultivados com palmeiras; além disso, o enterro de um poço ocorre, de modo que o sistema de irrigação requer restauração imediata, para não comprometer a irrigação de hortaliças e árvores frutíferas.
O capital agrícola, incluindo motores, máquinas e ferramentas, do valor, apurado por meio de uma pesquisa a ser realizada no local, incluía um sistema de irrigação que consiste no bem equipado com uma bomba para elevar e filtrar a água para um total de 23.000.000 liras, incluindo os canos praticar micro-irrigação tanto no pomar de pessegueiros no jardim. Os valores mostrados levam em consideração a idade das obras e o desgaste do equipamento utilizado há mais de 10 anos.
O momento da estimativa, em meados de abril deste ano, sugere a presença no fundo, objeto de estimativa, das seguintes culturas: alfaces na estação na horta e pós-floração do pessegueiro. O dano econômico sofrido pelo empresário inclui a soma do dano emergente e a quantia da perda de lucro.
Os danos emergentes incluem: o custo para remover o aterro, os custos de restauração da camada ativa, o custo de replantar o pomar de pêssego, reconstruir o poço e o sistema de irrigação para a parte danificada.
A perda de lucro refere-se ao valor dos frutos pendentes da safra de pêssego e ao valor da safra de alface comprometida pela interrupção da irrigação, além de incluir a perda de renda das centenas de pessegueiros, por um período de seis anos.
Sem prever a restauração da gestão normal do fundo, o dano incluiria: a depreciação do fundo devido à situação nova e precária (valor negativo potencial), à qual se somam os danos pelos frutos pendentes e os custos de reparo do poço e do sistema de irrigação.
Essa é uma abordagem difícil que governa o relacionamento entre o proprietário do estado e o empresário a quem o candidato, futuro especialista, é chamado a fornecer, em apenas seis horas, uma indicação de remuneração. Ao calcular, com um procedimento sintético, os diferentes valores, válidos para alcançar a lipotose total da restauração, realizada em pouco tempo, obtemos os seguintes valores aproximados e meramente indicativos:

Primeira estimativa - custo de remoção e remoção do material do aterro: mc 1.000 x L. 2.000 = L. 2.000.000;

Segunda estimativa - custos de restauração da camada ativa, estimados em aproximadamente 500.000;

Terceira estimativa - replantio do pomar de pessegueiro para roubo parcial, fertilização, suportes, plantas, etc.: L. 10.000 x 100 plantas = L. 1.000.000.

Quarta estimativa - reconstrução do poço, custo como novo L. 20.000.000.

Quinta estimativa - reparo do sistema de irrigação, de acordo com a fatura, L. 6.000.000.

Sexta estimativa - valor pendente do fruto: alface 1.20.00 hectares, valor esperado L. 2.000.000; pêssegos 0.12.00 hectares, valor de custo referente aos custos avançados desde o início do ano agrícola, extraídos das contas da empresa, L. 1.000.000.

Sétima estimativa - valor do topo de 100 pessegueiros, correspondente ao valor de custo referente ao sexto ano vs.
A sétima estimativa deve ser calculada com um procedimento analítico, uma vez que o mercado de arboretos não fornece o valor do solo superficial para plantas de seis anos; consequentemente, esse valor Vs é fornecido aplicando a seguinte fórmula:

V6 = Soma de 0 a 6 (Sp - Pr) + Vou (Q6-1)

A partir dessa expressão, percebe-se que o valor da camada superficial do solo é dado pela soma, no sexto ano, das despesas passadas líquidas das produções realizadas, com um aumento do interesse no capital de terra nua - Vo -. A soma das despesas inclui: compras de bens e serviços extraempresariais, impostos, impostos e contribuições, ordenados, salários, juros sobre capital agrícola e adiantamentos, enquanto a contribuição do benefício da terra - Bf - é representada: Bf = Vou (Q6-1). A fórmula exclui quaisquer aumentos ou restrições para situações não existentes no momento do acidente.


Vídeo: This is what an engineering exam looks like in India. JEE Advanced paper (Pode 2022).